OU
Ver todas as unidades

Exercícios de Pilates

Para a prática do Pilates é importante que o ambiente seja totalmente adequado. Boa estrutura, climatização e equipamentos seguros e de qualidade garantida. Não é aconselhável praticar Pilates em estúdios lotados, onde um mesmo profissional atende a vários pacientes ao mesmo tempo sem a correta atenção às necessidades individuais de cada um. Além disso, para que sejam alcançados efeitos rápidos e duradouros, o Pilates deve ser praticado com foco e concentração por parte do paciente, pois é dessa forma que se pode ganhar a consciência de cada músculo que está sendo trabalhado no corpo e, consequentemente, facilitar na hora do fortalecimento.

Saiba mais: Quatro cuidados que você deve ter durante a aula de Pilates!

 

Exercícios de Pilates no solo e em equipamentos

exercicios-de-pilates-3Os exercícios realizados no solo enfatizam o aprendizado da respiração e do centro da força, nesse caso o aluno realiza um esforço maior, pois vai depender da força do próprio corpo para realizar os movimentos. É normal, portanto, que o aluno considere estes exercícios “mais pesados” do que os realizados em aparelhos (cuja intensidade pode ser regulada pelo mecanismo de molas). Como o aluno é mais exigido na realização dos exercícios no solo, o corpo inteiro é fortalecido de forma mais rápida. Entretanto, o trabalho também pode ser facilitado com o uso de acessórios, como bolas ou elásticos, que apresentam material próprio para a realização dos exercícios e com os quais os alunos costumam se divertir bastante durante as aulas.
Os exercícios feitos em aparelhos são realizados de forma rítmica, controlada e associada à correção postural e à respiração. Existe uma grande oferta de exercícios, pois um mesmo equipamento permite que vários movimentos diferentes sejam realizados. Há também a possibilidade de ajuste de cada exercício (dificultando ou facilitando, por exemplo) para satisfazer as necessidades e limitações de cada praticante.

Saiba mais: Qual o melhor Pilates? Solo ou em Aparelhos?

 

Exercícios de Pilates voltados para a saúde da coluna vertebral

exercicios-de-pilates-7O Pilates possui exercícios apropriados capazes de aliviar as dores na coluna, provocadas principalmente pelo desequilíbrio muscular estimulado, sobretudo, pela má postura no dia a dia. O trabalho do Pilates nesses casos é eficiente porque foca no fortalecimento de musculaturas profundas e certeiras na reeducação postural, como os multífedos, que atuam como estabilizadores da coluna, impedindo os desvios. Outros músculos também trabalhados pelo Pilates são os paravertebrais, auxiliando na manutenção da coluna ereta. O trabalho com o músculo quadrado lombar auxilia na extensão e na rotação de tronco. E, por fim, o Pilates também trabalha o trapézio, músculo responsável pelos movimentos de cabeça, ombro e diafragma – músculo da respiração.
No caso de pacientes com dor na coluna, o profissional deve observar atentamente os limites do corpo individualmente, pois a progressão do praticante varia de caso para caso. As séries podem aumentar conforme o aluno ganhe mais resistência e habilidade. Lembrando que antes de iniciar os exercícios, principalmente para quem já apresenta dores na coluna, é indispensável uma avaliação física por profissional qualificado.

Saiba mais: Como você cuida da sua coluna?

 

Exercícios de Pilates para fazer em casa

exercicios-de-pilates-5Alguns exercícios de Pilates podem ser realizados sem a necessidade da presença física em um estúdio. Esse é o caso do Pilates no solo (Mat Pilates) que pode ser feito sem nenhum material. Nos estúdios, porém, o profissional utiliza também alguns acessórios nessa modalidade de Pilates, como é o caso da bola suíça e de faixas de elástico com várias resistências diferentes, tudo para trabalhar melhor o corpo o corpo inteiro. Uma vez adquirida uma consciência corporal ao longo das aulas no estúdio, é possível que o aluno comece a praticar a técnica mesmo em casa, mas vale ressaltar que o acompanhamento feito por um profissional é sempre mais válido, pois ele pode orientar acerca de posturas inadequadas, além de outros direcionamentos.
O profissional especializado acompanha a evolução do aluno, podendo trabalhar dentro de suas necessidades e limitações. Assistir a um DVD de aulas de Pilates ou ler sobre o assunto não faz de você a pessoa mais apta a se exercitar sozinha, o olhar do profissional faz toda a diferença para a eficácia da técnica e o consequente alcance de todos os benefícios.
 

Exercícios de Pilates para gestantes

exercicios-de-pilates-1As mudanças provocadas pela gestação afetam o corpo e o emocional da mulher. É comum nesse período o surgimento de dores, desconfortos, má postura, estresse, ansiedade, dentre outros acometimentos. Mas, desde que não haja contraindicação médica, mulheres grávidas podem praticar os exercícios do Pilates e se beneficiar com os ótimos efeitos da técnica. Com a prática, a gestante ganha condicionamento físico, bem-estar, controle de peso e um abdômen mais forte que vai ajudá-la no trabalho de parto, facilitando-o.
O profissional, contudo, deve ter muito cuidado com a paciente, evitando as chances de quedas durante a prática (por conta da barriga, o equilíbrio fica alterado) e garantindo um trabalho especial com a respiração, pois a gestante não pode segurá-la por muito tempo durante o exercício (o bebê pode ficar sem oxigênio). A duração de uma aula para a gestante é a mesma de outros alunos e recomendam-se, ao menos, duas aulas por semana. Nenhuma gestante, entretanto, deve iniciar essa ou qualquer outra atividade física sem antes passar por avaliação médica de confiança, isso garante a saúde da mãe do bebê.

Saiba mais: Pilates para uma gravidez saudável.

 

Exercícios de Pilates para a terceira idade

exercicios-de-pilates-6O envelhecimento não deve impedir o indivíduo de praticar atividades físicas, pois o sedentarismo é um perigoso risco ao surgimento de doenças.  Algumas atividades físicas podem ser mais complicadas para pessoas da terceira idade, mas o Pilates é uma ótima indicação por ser um trabalho aplicado com grande margem de segurança e respeito aos limites e ritmo de cada um. A técnica pode ser adaptada às diferentes necessidades e os benefícios para a terceira idade são inúmeros: fortalecimento muscular, maior percepção dos movimentos e equilíbrio, alívio de dores e estresse, aumento da flexibilidade, etc.
Os idosos não deixam de realizar os exercícios por conta da idade e isso ajuda bastante na auto-estima deles, pois se vêm capazes de realizar o que, até então, julgavam-se incapazes. E tudo isso acontece sem nenhum risco de lesão. Mas lembrando que a técnica só deve ser praticada após uma avaliação adequada do paciente com o devido conhecimento de todo o seu histórico de saúde.

Saiba mais: Como aumentar a qualidade de vida na terceira idade.

 
Assista ao nosso vídeo institucional e agende uma aula experimental:

 
aula-experimental-pilates