OU
Ver todas as unidades

Exercícios de Pilates no tratamento de Doenças reumáticas

doenças-reumáticasNormalmente, comete-se o equívoco de associar o surgimento de dores reumáticas ao envelhecimento. Acredita-se que somente pessoas com faixa etária superior aos 60 anos podem sofrer com estas dores, entretanto, elas não são exclusivas da Terceira idade, pessoas mais jovens (incluindo as crianças) também podem ser acometidas por problemas reumáticos.
O fisioterapeuta Helder Montenegro, fisioterapeuta especialista em coluna vertebral, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRC, diretor do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral, descreve que o reumatismo é um conjunto de doenças reumáticas que podem acometer as articulações, causando fraqueza muscular, inchaço e dores intensas. “As doenças reumáticas podem afetar pessoas de qualquer idade. Mas, a incidência é maior entre mulheres na faixa etária entre 20 e 60 anos”, explica Montenegro.

Quais são as doenças reumáticas?

As doenças reumáticas podem ser as mais variadas, existindo centenas delas. Segundo o fisioterapeuta Helder Montenegro, “as doenças mais comuns no público feminino são a lúpus, a osteoporose, a fibromialgia e a artrite reumatoide”. No público mais jovem as principais são as tendinites, lombalgias, bursites e LER (lesões por esforço repetitivo), ou seja, doenças que atingem estruturas próximas às articulações.

O tratamento

Para o tratamento adequado e efetivo é importante caracterizar o tipo de reumatismo. A fisioterapia aparece como excelente alternativa, atuando como importante aliada tanto na prevenção quanto no tratamento das dores reumáticas, além de promover com técnicas manuais o fortalecimento e alongamento dos músculos envolvidos. “Podem ser utilizadas técnicas de mobilização articular para diminuir a dor e a rigidez das articulações, alongamentos musculares suaves, técnicas de massagem, medidas analgésicas como termoterapia, exercícios suaves de Pilates e hidroterapia”, informa Helder Montenegro.
Exercícios específicos auxiliam, sobretudo, nos casos de distúrbios de movimento decorrentes de alterações de órgãos ou sistemas. Isso porque as técnicas fisioterapêuticas são eficazes na reabilitação de algumas funções do corpo. “O tratamento visa trabalhar nas disfunções provocadas por doenças crônico-degenerativas ou inflamatórias. Sendo que estas, atingem o sistema músculo esquelético e o sistema conjuntivo de causas não traumáticas”, esclarece o especialista.
Leia também:
O trabalho realizado pelo Instituto Pilates
O Pilates clínico
5 dicas para escolher o seu stúdio de Pilates
Assista ao nosso vídeo institucional e agende uma aula experimental.

aula-experimental-pilates