OU
Ver todas as unidades

Tenho dor nas costas: como o Pilates pode ajudar?

dor-nas-costas-pilatesÉ grande o percentual de pessoas que já sentiu dor nas costas, um sintoma que pode estar relacionado a diferentes problemas e que prejudica até a execução de atividades simples e rotineiras como lavar a louça, por exemplo. A dor nas costas surge em decorrência de processos traumáticos, infecciosos, inflamatórios ou degenerativos.
Desequilíbrios musculares, movimentos repetitivos no trabalho ou no esporte, sedentarismo, fatores hereditários, tabagismo, idade avançada e, sobretudo, os vícios de postura são grandes fatores de risco que podem prejudicar, severamente, a saúde da coluna e a dor nas costas aparece como um sinal indicador.
O que pode prejudicar a saúde da sua coluna
Estima-se que grande parte da população já sofreu com esse problema (que afeta, principalmente, a região inferior da coluna vertebral) ou tem forte tendência a desenvolvê-lo em alguma fase da vida. E não é, apenas, a população mais jovem que sofre com a dor nas costas. Pessoas mais jovens estão cada vez mais suscetíveis às dores nesta região, sobretudo, em virtude da ausência da prática regular de atividades físicas e dos maus hábitos posturais no dia a dia.

Benefícios do Pilates no alívio de dor nas costas

Com um amplo repertório de exercícios, o Pilates reúne técnicas que promovem o fortalecimento da musculatura da região lombar que uma vez saudável mantém a coluna estabilizada, sem desvios.
Exercícios específicos auxiliam no alívio das dores, mas antes de iniciá-los é fundamental uma avaliação física realizada por profissional qualificado. É nesta etapa que serão identificadas as necessidades e limitações do aluno para que seja montado um programo de exercícios personalizado e, assim, garantir a eficácia da técnica. O trabalho precisa ser bem direcionado, para não ser prejudicial ao invés de efetivo.
A cada aula, o praticante ganha uma maior consciência acerca de seu próprio corpo, aprendendo a utilizá-lo de forma correta sem o desperdício de energia e com o máximo de segurança. Mas cabe ao aluno focar sua atenção em cada movimento executado, seguindo com fidelidade as instruções do profissional acompanhante.
Leia também:
Tenho dor nas costas. O que fazer?
Pilates para prevenção de dores lombares
Pilates e instabilidade da coluna vertebral
aula-experimental-pilates