OU
Ver todas as unidades

Como você cuida da sua coluna?

coluna-vertebralNa vida da maior parte da população, o cenário se repete: os dias são preenchidos por inúmeras atividades, seja no trabalho, nos estudos, na família… E sempre surge uma tarefa extra que acaba tornando o tempo cada vez mais escasso. Dentro desse cenário, o cuidado com a própria saúde fica em último plano. Mas o que muitas pessoas não percebem, na correria diária, é que a ausência de cuidados simples pode resultar em riscos graves à saúde.
O sedentarismo ainda é um problema grave no país, convertendo-se na principal causa do aumento da incidência de várias doenças, como diabetes, obesidade e hipertensão arterial. É, inclusive, um grande fator de risco para os casos de mortes súbitas. As atividades no dia-a-dia são muitas, mas quase sempre não promovem o exercício físico, estando imersas nas facilidades da tecnologia.
Popularmente, conhecida como dor nas costas, a lombalgia também está relacionada com o sedentarismo. A frequência de pacientes com queixas de dores nas costas, em diferentes idades, é crescente e, normalmente, esse problema está relacionado ao estilo de vida: a falta de uma prática regular de atividades físicas e as facilidades automatizadas contribui para uma adesão, inconsciente, ao sedentarismo. Somando-se a isso, outros fatores como a má postura, também podem comprometer severamente a saúde da coluna.

Você sabia?

Toda a população está destinada a apresentar dores na região lombar, ao menos uma vez na vida. Estudos comprovam que a possibilidade de o indivíduo apresentar a dor é de quatro vezes, numa média aproximada de 68 anos de vida.
O problema maior é que as dores nas costas não vêm sozinhas. Elas podem estar associadas a simples contraturas, mas na maior parte dos casos, são sintomas de problemas mais graves.

Entenda a sua coluna

A coluna vertebral é dividida em cervical, torácica e lombar. A região lombar é composta por 5 vértebras e se responsabiliza pela manutenção da postura e do equilíbrio do corpo, além de oferecer proteção a estruturas vitais nervosas, como a medula. A explicação para as dores, normalmente, está no desequilíbrio muscular que gera o desconforto em qualquer posição que a pessoa esteja, seja deitado, sentado ou em pé.
Muitas pessoas convivem com fortes dores, chegando a alegar que aprenderam a viver com a presença delas. Isso é um perigo, pois, quando as dores nas costas começam a se manifestar, é porque alguma coisa está muito errada. A lombalgia jamais deve ser ignorada!
Mas você sabia que é possível combater esse incômodo e os demais problemas associados a ele? Isso mesmo! Estamos falando do Pilates, uma técnica que trabalha a mente e o corpo em conjunto, possuindo como princípios básicos: a concentração, o controle, a precisão, a respiração e a centralização. Todos estes aspectos harmonizam o corpo durante a prática.

A técnica do Pilates

pilates-coluna-vertebralCriada na década de 1920 pelo alemão Joseph Pilates, a técnica promove a reeducação de movimentos através de exercícios totalmente alicerçados na anatomia humana, corrigindo a postura através do realinhamento da coluna e do fortalecimento da musculatura abdominal e das costas. Através desse trabalho de fortalecimento, a região lombar se torna bem mais saudável, mantendo a coluna estabilizada, sem desvios.
No Instituto Pilates, os fisioterapeutas são especialistas em coluna e trabalham com uma exclusiva metodologia, que proporciona segurança durante os exercícios. O atendimento personalizado, iniciado na avaliação do paciente, permite um acompanhamento sistemático do aluno, sua evolução e a consciência da ativação dos músculos. Mas as aulas respeitam o ritmo de cada um, adaptando-se às necessidades e limites dos adeptos.
É possível viver sem dores. Melhore sua qualidade de vida… Sinta todos os benefícios que o Pilates pode oferecer!
aula-experimental-pilates