OU
Ver todas as unidades

Cuidado com as ofertas do mercado!

pilates-stúdio-certoPara muitas pessoas, o Pilates virou uma moda. Ao mesmo tempo em que há um aumento acelerado de pessoas que buscam pelo método, motivadas pelo interesse nos diversos benefícios que a prática tende a promover, existem pessoas que pouco conhecem sobre o Pilates e começam a praticar, apenas, por modismo. É aí que encontramos os riscos. Se o aluno não conhece o método, suas características e os critérios fundamentais para a sua prática, ele acaba se submetendo às ofertas do mercado que apenas são intituladas como Pilates, mas que, na verdade, pouco respeitam as peculiaridades da atividade. Como resultado, percebemos um número crescente de pessoas insatisfeitas com o método ou sem o alcance de benefícios satisfatórios.
Nem todo local que oferece Pilates trabalha com o método de forma segura. Por isso, nenhuma pessoa deve se basear, apenas, no valor cobrado pelas aulas. Lembre-se que o barato pode acabar se tornando caro, principalmente para a sua saúde.  Conheça dicas importantes para escolher o stúdio de Pilates certo:
– Fuja de espaços lotados! Cada profissional deve acompanhar a, no máximo, dois alunos simultaneamente. Alguns stúdios acabam oferecendo valores mais “em conta” (na visão do aluno) porque trabalham com muitos alunos ao mesmo tempo. O profissional precisa dividir a atenção entre 3, 7, 10… alunos e isso é muito arriscado. Um dos princípios do Pilates é trabalhar com a postura correta durante a realização de cada exercício, com a atenção dividida entre tantos alunos, o profissional nem sempre poderá corrigir a postura de alguém que esteja executando o movimento de maneira errada. Além disso, cada aluno possui suas próprias necessidades e limitações, por isso a aula deve ser personalizada e o mais individualizada possível, sem um repertório padrão de exercícios.
– Certifique-se da formação dos professores! Não é qualquer pessoa que está apta a ministrar uma aula de Pilates. O profissional deve ter uma formação especializada para isso. Normalmente, educadores físicos e fisioterapeutas são as pessoas mais indicadas para ministrar a aula, embora outros profissionais também o façam. O ideal é que o aluno receba um suporte adequado as suas necessidades, sendo orientado de acordo com os objetivos que pretende alcançar. O profissional habilitado para acompanhar o praticante de Pilates é aquele que oferece exercícios com grande margem de segurança e eficácia ao aluno.
– Não descarte a aula experimental! Nem todos os espaços de Pilates oferecem aula experimental ao futuro aluno. Essa etapa é fundamental para que a pessoa conheça melhor a metodologia utilizada e não deve ser ignorada. Na aula experimental não dá para conhecer todo o trabalho realizado, mas é possível ter um primeiro contato que vai ajudar bastante na escolha do local certo para iniciar a prática.
Se você escolher o lugar certo para a prática do Pilates, os benefícios serão garantidos. O valor cobrado não deve ser o primeiro critério na hora de optar por um espaço, muitos fatores estão envolvidos e sua saúde deve ser sempre a prioridade.
Você também vai gostar de ler:

– O ambiente do stúdio de Pilates

– Os riscos de praticar Pilates em qualquer lugar

– O trabalho realizado pelo Instituto Pilates

– Stúdio de Pilates – 5 dicas para escolher o seu!

Assista ao nosso vídeo institucional e agende uma aula experimental:

aula-experimental-pilates