OU
Ver todas as unidades

Pilates na busca da "fonte da juventude"

O envelhecimento populacional já é uma realidade em nossa sociedade. Segundo a Organização das Nações Unidas estamos passando pela “Era do Envelhecimento”, com um crescimento de 54% dos idosos nos país desenvolvidos e 123% nos em desenvolvimento. Porém, não necessariamente as pessoas estão envelhecendo com qualidade de vida, que envolve aspectos biopsicossociais, como a capacidade funcional do idoso.

 pilates envelhecimento

O envelhecimento com autonomia
Apesar do aumento na expectativa de vida, os idosos enfrentam alterações devido sua senescência, que aumentam sua fragilidade e o surgimento de diversas patologias. A autonomia, ou seja, a capacidade de determinar e executar suas próprias atividades pode se tornar abalada. Dessa forma, um tratamento bem sucedido deve manter a autonomia do idoso, de tal forma que este se integre socialmente, mantendo-se saudável com sua independência.

Por isso, a busca da juventude é complexa e requer sacrifícios. Tendo sido esta amplamente estuda pelas ciências da saúde.

 

Os exercícios e a juventude
Com o avanço da gerontologia, duas regras básicas tornaram-se fundamentais: os exercícios físicos e a dieta balanceada, como fontes precursoras da longevidade.

Porém, vale frisar que a qualidade de vida está ligada a inúmeros fatores, como a autoestima e o bem estar pessoal, que abrange uma série de aspectos tais como a capacidade funcional, o nível socioeconômico, o estado emocional, a interação social, a atividade intelectual, o autocuidado, o suporte familiar, o estado de saúde, o estilo de vida e a satisfação com o trabalho e atividades diárias.

O exercício físico, por sua vez, auxilia em vários dos aspectos apresentados, melhorando, assim, a qualidade de vida. Além disso, uma atividade bem desenvolvida e orientada tem influência direta no controle de vários mecanismos ligados ao envelhecimento humano e na busca incansável pela “fonte da juventude”.

 

O Pilates no envelhecimento
Desenvolvido por Joseph Pilates, o método compreende uma série de exercícios que objetiva a união perfeita do corpo e mente durante a prática. Tendo como base principal para a realização da atividade a concentração, o controle, a precisão e a contração. Estes aspectos conseguem harmonizar o organismo de uma forma única. A “concentração” utilizada durante a prática do Pilates tem influência direta na capacidade cognitiva do idoso, visto que a mesma consegue desenvolver a neuroplasticidade cerebral, o que colabora para a melhora de quadros iniciais de demência, bem como, serve como medida profilática para evitar seu surgimento.

Além disso, muitos idosos após as atividades do Pilates relatam a melhora da memória, com menos episódios de esquecimento.

Da mesma maneira o “controle” propicia ao idoso uma melhora significativa da coordenação, com melhora na precisão dos movimentos e melhor controle nas alterações do labirinto.

A contração isométrico do centro de força conhecido como “Power House” é outro importante fator para o fortalecimento de diversas musculaturas, melhorando de forma intensa a postura, acabando com as dores provenientes de alterações ortostáticas e vasculares e, principalmente, evitando a sarcopenia (alteração que mais incapacita os idosos no mundo). De forma construtiva, evita as co-morbidades oriundas da redução da mobilidade e da capacidade funcional.

 

A juventude eterna
O corpo humano já está preparado para o aumento da longevidade, então, cabe a nós procurarmos alternativas para que isso se torne realidade. Até o momento temos a certeza que a longevidade está relacionada à prática de exercícios físicos, sendo este aceito por todos os gerontólogos como o único remédio para se alcançar de forma sadia e autônoma uma vida mais longa. Assim, por esses e outros motivos, o método Pilates surge como uma importante arma a colaborar, integrando corpo e mente nesta árdua procura pela “pílula da juventude”.

O importante disto tudo é lembrar que devemos acrescentar vida aos anos e não simplesmente anos à vida.

aula-experimental

 
 

O diferencial do Instituto New Pilates
O Instituto New Pilates trabalha auxiliando no pós tratamento de problemas como dor lombar, dor cervical, discopatia degenerativa e até mesmo hérnia de disco, através da conscientização da contração dos músculos que protegem a coluna vertebral evitando, assim, novos episódios de dor nas costas e garantindo uma melhor qualidade de vida.

Os benefícios do Pilates são inúmeros, entretanto é importante que o paciente esteja sempre atento ao profissional que irá acompanhá-lo, se este tem domínio sobre o assunto e se está sempre orientando no que diz respeito à qualidade e execução dos movimentos durante o atendimento, mantendo sempre um cuidado com a coluna do paciente. Por isso, o Instituto New Pilates mantém sua qualidade oferecendo profissionais qualificados e bem preparados para receber pacientes oriundos dos diversos tratamentos para a coluna vertebral.

end-studios

Fonte: Revista Original Pilates Digital