OU
Ver todas as unidades

Bolsas femininas: o peso em excesso é prejudicial à coluna

bolsas-femininas-riscos-colunaO que você costuma carregar dentro de sua bolsa? A maior parte das mulheres tem preferência pelas bolsas maiores, uma vez que dispõem de um espaço mais amplo, permitindo guardar mais itens considerados por elas “indispensáveis”. Mas você já parou para pensar que aquela “dorzinha” nas costas ao final do dia pode ser consequência do excesso de peso carregado na bolsa?
Outros fatores além do peso, como a maneira de utilizar o acessório, também podem contribuir para os prejuízos à coluna vertebral. Ombros, pernas, braços, pescoço e quadris podem ainda ser afetados juntamente com a coluna.
Com o carregamento de excesso de peso dentro da bolsa de forma rotineira, o desconforto postural surgirá em pouco tempo, sinalizando que há algo de errado e que em muitos casos pode ser até relacionado com problemas graves na coluna.
Quando a bolsa é inimiga da coluna vertebral
Nossa coluna está dividida em quatro regiões, a saber: lombar, cervical, torácica e sacrocóccix.  Ela é responsável pela sustentação do nosso corpo, mas pode sofrer com problemas variados que acabam prejudicando sua estrutura. No caso da bolsa feminina, por exemplo, o peso acaba atuando negativamente sobre músculos, tendões, nervos e articulações, ocasionando dores e inflamações que no começo podem ser toleráveis, mas que com o tempo tendem a piorar. A mulher, por sua vez, tenta equilibrar a carga extra durante o uso da bolsa, o que acaba curvando ou pendendo seu corpo para um dos lados, tirando a coluna do eixo central em que ela deveria permanecer posicionada. O resultado desse comportamento são os vícios posturais que também podem agravar desvios já existentes na coluna.
O que fazer?
Além de reduzir o que leva dentro da bolsa (observe se tudo que costuma carregar dentro dela é mesmo indispensável), procure seguir algumas orientações: opte por bolsas com alças mais grossas e que não sejam tão longas; a postura durante o uso da bolsa deve estar alinhada, com braços relaxados e que acompanhem o balanço do corpo, a coluna deve ser mantida reta; procure revezar a bolsa entre os ombros durante o trajeto, evite o uso em somente um dos lados; se você usar a sua bolsa transversalmente, melhor para você (a posição ajuda a fazer uma melhor distribuição da carga).
Vale ressaltar que a prática do Pilates é excelente para a prevenção de dores nas costas, pois o foco do método consiste, exatamente, no fortalecimento dos músculos de sustentação da coluna. Então, se você deseja utilizar sua bolsa sem que o acessório ofereça maiores riscos, siga estas recomendações e garanta a saúde de sua coluna.
Você também vai gostar de ler:
A relação do Pilates com a moda
Assista ao nosso vídeo institucional e agende uma aula experimental:
https://www.youtube.com/watch?v=Q1MMfxwGLaU
aula-experimental-pilates