OU
Ver todas as unidades

A Arte de Pilatear

arte-PilatesA técnica já parece ter “caído no gosto” de muitas pessoas. Crianças, jovens, idosos, atletas, sedentários, mulheres, homens, enfim, todos os públicos podem ser beneficiados com a prática do Pilates. Seja com o uso dos aparelhos específicos para Pilates (reformer, cadillac, barrel, wall unit, combo chair, cadeira) ou no solo com o auxílio, apenas, de acessórios como a bola e o elástico, a técnica garante movimentos variados, isso porque o Pilates conta com um grande repertório de exercícios, garantindo aulas exclusivas e dinâmicas.
Quando um aluno inicia outras atividades físicas, como a musculação, por exemplo, é comum o desânimo pela prática em pouco tempo, isso ocorre em virtude do alto desgaste físico que muitas atividades promovem, além da monotonia na execução dos exercícios. O Pilates é a atividade ideal para quem deseja obter resultados duradouros, relativamente rápidos e sem desgaste excessivo: a técnica trabalha mais com a repetição de movimentos e menos com o aumento de cargas, sendo, portanto, uma atividade de baixo impacto. Outra característica importante no Pilates é que cada movimento consegue trabalhar grupos musculares, ao passo que em outras atividades físicas cada exercício estimula um músculo de cada vez.
O Pilates também é indicado por médicos e fisioterapeutas como parte excelente no tratamento de pacientes com lesões na coluna, uma vez que a técnica não oferece sobrecarga à região e trabalha com o fortalecimento dos músculos abdominais e a correção de problemas posturais que são responsáveis, em muitos casos, pela ocorrência de dores nas costas.

Confira alguns benefícios da prática de Pilates:

– Melhora a flexibilidade, a respiração, a coordenação motora, o desenvolvimento sexual, o equilíbrio, a memória, a circulação sanguínea, a consciência corporal;
– Promove o relaxamento, garantindo o alívio do estresse, da ansiedade e a melhora do humor;
– Fortalece e tonifica a musculatura;
– Nas mulheres durante a menopausa e pós-menopausa ajuda a amenizar os sintomas da variação hormonal (TPM, enxaquecas, retenção de líquidos, etc). E no período gestacional ajuda a aliviar dores e sobrecargas causadas pelo aumento de peso característico da fase, contribuindo ainda para uma recuperação mais rápida no pós-parto.
Leia também:
– O Pilates fitness
– O Pilates clínico
– O trabalho realizado pelo Instituto Pilates
Assista ao nosso vídeo institucional e agende uma aula experimental.

aula-experimental-pilates