OU
Ver todas as unidades

Benefícios do pilates para atletas

Você já parou para pensar em como o pilates pode ser uma atividade vantajosa para os atletas? A falta de preparo muscular ou até mesmo um movimento esportivo realizado de forma incorreta pode acarretar em lesões articulares e/ou musculares. Baixo nível de flexibilidade, coordenação motora e propriocepção, além de falta de estímulo para estabilizadores de coluna, deficiência muscular e amplitude de movimento reduzida também podem ser responsáveis por causar traumas.

E como se pode melhorar todas estas questões? O pilates pode ser um grande aliado. Conheça agora os principais benefícios deste tipo de exercício físico para os atletas.

Benefícios do pilates para atletas

Além de ser uma atividade física que trabalha o corpo de forma global, o pilates pode fazer bastante diferença no desempenho dos atletas. O exercício beneficia o treinamento esportivo de várias maneiras, como melhora na qualidade e eficiência do movimento. Vamos conhecer as principais vantagens em aliar o pilates com os esportes?

1. Prevenção de lesões

A prevenção de lesões é uma das principais vantagens do pilates para os atletas. Como neste exercício há uma desgaste muscular menor, há um aumento na potência e resistência dos músculos. Os movimentos compensatórios responsáveis pelos traumas também são reduzidos.

2. Recuperação de lesões

Outra vantagem do pilates é a sua eficiência na recuperação de lesões. A atividade trabalha toda a musculatura abdominal, lombar e pélvica. Isso faz com que a atividade seja uma alternativa para tratar dores lombares crônicas, lesões de ligamentos, estiramentos musculares, lesões no menisco e outras mais. Todos traumas muito comuns nos esportistas.

3. Correção dos desequilíbrios musculares

Este exercício proporciona movimentos mais eficientes e seguros para o esporte, corrigindo os desequilíbrios musculares e aumentando a capacidade respiratória. Como o pilates fortalece todo o centro do corpo, o abdômen, joelho e os músculos de sustentação da coluna, áreas bastante solicitados nas práticas esportivas.

4. Benefícios que extrapolam o corpo

O pilates também oferece vantagens que vão além do corpo. O exercício melhora o foco, a capacidade de concentração e autocontrole, além de ajudar a reduzir o estresse.

5. Outros benefícios do pilates

Além das vantagens apresentadas, esta atividade física também trabalha com correção postural e na melhora da coordenação, equilíbrio, flexibilidade e força muscular do corpo todo.

As modalidades esportivas e o pilates

Considerando todos os benefícios que o pilates oferece ao atletas, também é interessante entender como esta atividade atua em cada uma das modalidades esportivas. Os exercícios praticados podem ser direcionados para obter o melhor desempenho em uma modalidade específica e possibilitar também um treino mais funcional.

Pensando nisso, separamos quatro práticas esportivas que podem ser beneficiadas pelo pilates. Confira:

1. Golfe

Este esporte exige uma boa postura, bom alinhamento e consciência corporal, características que são trabalhadas no pilates.

Quem joga golfe, seja socialmente ou profissionalmente, precisa tomar bastante cuidado com a postura adotada no jogo. Uma má posição no momento do esporte somado a uma condição física deficiente são as principais causas de lesões nestes atletas.

É altamente recomendado que os golfistas profissionais e amadores que desejam melhorar a sua performance fortalecem o Power House (conhecido também como o Centro de Força). Os músculos desta área são responsáveis pela sustentação da postura (estática) e é a zona em que se iniciam todos os movimentos do corpo.

O centro também é responsável pelo desenvolvimento da força, manutenção do equilíbrio, estabilidade e controle da coordenação durante os movimentos.  O processo e o resultado no golfista depende em grande parte do trabalho que se realiza nesta zona corporal.

O pilates possui exercícios específicos para o fortalecimento dos músculos do Centro de Força e correção postural. Melhorar a força desta área proporciona uma plataforma mais estável e que os movimentos das extremidades sejam mais potentes e eficientes.

Resumindo, além desta atividade física contribuir para maximizar a força em geral e melhorar o desempenho dos golfistas, ela também previne possíveis descompensações musculares produzidas na prática do golfe.

2. Tênis

A principal recomendação para os jogadores desta modalidade esportiva é ter um cuidado redobrado nas articulações do ombro, cotovelo e pulsos.

Além do tênis, os esportes de raquete, como squash e frontão requerem habilidades bastante concretas, uma boa forma física e sobretudo precisa de uma boa coordenação e equilíbrio. Atividades, como o pilates, vão ajudar quem precisa melhorar a flexibilidade, resistência, potência, agilidade e muito mais.

A amplitude e resistência muscular que o tênis exige é fornecida pela prática regular do pilates. Além destas vantagens, os tenistas também se aproveitam de outros benefícios, como:

  • Melhora na força do saque já que o pilates trabalha com o fortalecimento do centro abdominal;
  • Melhora na velocidade de reação por conta do fortalecimento de ombros e braços;
  • Lançamentos mais amplos graças ao aumento de flexibilidade sobre os ombros e quadris;
  • Trocar a direção rapidamente mantendo o centro de gravidade por conta do bom equilíbrio adquirido;
  • Incrementar a força das extremidades inferiores e superiores a fim de bater o mais rápido e forte possível;
  • Como o pilates ajuda a melhorar a resistência física, o controle de respiração e ensina como inalar melhor e aproveitar ao máximo o oxigênio, o tenista consegue jogar sem se cansar rapidamente;
  • A atividade também corrige desequilíbrios musculares que provocam tensões, distensões musculares e inflamações.

Como comentamos acima, a prática do pilates é uma boa forma de prevenir as lesões causadas pelo esporte. Entre os principais traumas comuns no tênis, estão:

  1. No cotovelo: uma das lesões mais comuns nos tenistas é no cotovelo. Como esta modalidade exige uma sobrecarga sobre os tendões que controlam o movimento do punho e do antebraço, é muito fácil do cotovelo se lesionar.
  2. Tendinite patelar nos joelhos: ela se origina devido as constantes flexões, arranques e freadas que são realizados durante o esporte. Por isso, é tão importante fortalecer os músculos que cercam os joelhos, assim como o quadril para assim evitar possíveis traumas.

Estes dois traumas têm menor incidência nos atletas que aliam o tênis à prática do pilates.

3. Natação

O pilates e a natação são atividades bastante similares. Estas duas modalidades trabalham o corpo de forma global, ou seja, atua em uma grande quantidade de músculos, sejam eles inferiores ou superiores.

Para ser um bom nadador, mais importante que um grande tônus muscular, está na alta capacidade física para realizar corretamente todos os exercícios.

Se analisarmos a estrutura dos nadadores, observamos que todos eles possuem uma constituição similar: grande flexibilidade e uma musculatura trabalhada, porém não tão desenvolvida, já que isso o prejudica na hora de deslizar na água.

Levando isso em conta, aliar o esporte com o pilates é bastante adequado, já que ele proporciona um trabalho em seco, paralelo ao treinamento na água. Com o exercício, o nadador pode fortalecer sua musculatura mais interna, algo bastante importante para estabilização, um aspecto que deve ser trabalhado para ter a melhor performance possível na piscina.

Muitos treinamentos realizados no pilates focam principalmente no trabalho dos músculos exteriores. Por isso, é tão importante contar ao seu professor outras práticas que você realize, assim ele consegue definir um treino que melhore a sua performance no esporte escolhido.

Por exemplo, para os atletas que querem alcançar um nado mais eficiente, é importante trabalhar com a estabilização e o equilíbrio dos músculos internos. Entre outros benefícios que os nadadores vão garantir com a prática regular do pilates, temos:

  • Aprimoramento notável na flexibilidade da articulação do ombro, zona lombar e músculos isquiotibiais (extremamente importante nas batidas de pernas);
  • Prevenção da hiperlordose lombar. Por conta do movimento que o nadador faz de colocar a cabeça para fora da água para respirar, é bastante comum que o atleta desenvolva este tipo de lesão;
  • Melhora na flexibilidade rotatória da coluna cervical e quadris;
  • Melhora no controle da respiração;

4. Futebol

Um jogador de futebol precisa de algumas capacidade físicas determinadas, como: força explosiva, velocidade, resistência, concentração e um bom controle e manejo da bola.

O treinamento de força que o pilates oferece melhora o fortalecimento dos músculos, além de aperfeiçoar a resistência e a flexibilidade do corpo, o que faz com que a sua musculatura fique mais longa e previna lesões.

A maioria dos traumas de um jogador de futebol são causadas por desequilíbrios musculares ao ter zonas do corpo mais desenvolvidas que outras com uma maior sobrecarga de trabalho. Por isso, a importância em desenvolver e fortalecer os músculos da coluna, quadril e joelho e nisso o pilates pode ser um grande aliado.

O treinamento do pilates

Como já mencionamos no texto, o pilates é um exercício que trabalha o corpo de maneira global, ou seja, atua tanto nos músculos superiores quanto os inferiores. Por este motivo, é que esse modalidade pode beneficiar todas as modalidades desportivas.

Muitos exercícios do pilates atuam diretamente na musculatura estabilizadora da coluna, fortalecendo os músculos e prevenindo possíveis lesões. Além disso, o treinamento de mobilidade, flexibilidade e estabilização melhora qualquer gesto esportivo.

Diferente da musculação que trabalha com um grupo muscular específico por vez, no pilates os exercícios são moldados globalmente em todos os treinamento, inclusive cuidando também da mente do praticante. O controle da respiração, por exemplo, melhora o desempenho do atleta em qualquer esporte.

Os alongamentos realizados antes e depois do treino permitem uma melhora na amplitude articular do movimento, fazendo com que o atleta aproveite mais os movimentos necessários em seu esporte.

O que podemos concluir é que não existem esportes que não se beneficiam com a prática do pilates. Como esta é uma atividade com bastante liberdade e variedade de exercícios, o professor pode montar um treinamento exclusivo para melhorar o desempenho no esporte que você escolher.

A importância da avaliação

 

Como o pilates é uma atividade global, ela pode ser direcionada para diversos objetivos, como estabilidade articular, melhor controle na respiração, aumento  da flexibilidade, fortalecimento específico de um grupo muscular, correção da postura e até melhora no desempenho em um esporte.

Este é um dos motivos do porque a avaliação antes de começar o treino é tão importante. Assim, o professor consegue avaliar a sua capacidade física, conhecer as suas limitações e descobrir o seu objetivo. Desta forma, o treinamento é individualizado e voltado para aquilo que deseja conquistar.

O diferencial do Instituto Pilates

No Instituto Pilates, os nossos profissionais trabalham auxiliando no pós tratamento de problemas e lesões, como dores na lombar e área cervical, discopatia degenerativa, lesões no menisco e até mesmo hérnia de disco. Os exercícios são feitos por meio da conscientização da contração dos músculos que protegem a coluna vertebral evitando, assim, novos episódios de dor nas costas e garantindo uma melhor qualidade de vida.

Além do treinamento voltado para o tratamento de lesões e dores, o Instituto Pilates também trabalha com exercícios para os atletas que procuram aumentar o seu desempenho no esporte que praticam e prevenir possíveis traumas.

Lembra que falamos sobre a importância da avaliação? No Instituto Pilates, qualquer aluno que deseja começar a praticar pilates precisa passar por um exame completo. Nele, é possível entender um pouco mais sobre o aluno, o que ele deseja conquistar e suas delimitações. Sendo assim, todos os treinamentos praticados aqui são individualizados e pensados para cada um de nossos alunos.

Já repetimos diversas vezes que os benefícios do pilates são inúmeros. Contudo, é muito importante que o aluno esteja sempre atento ao profissional que irá acompanhá-lo. Afinal, as vantagens não vão ser conquistadas, se o professor não tiver domínio do assunto ou não estiver orientando corretamente a execução dos movimentos. Inclusive, um mau acompanhamento pode ser a causa de algumas lesões, especialmente na coluna.

Por isso, o Instituto Pilates se preocupa tanto com a qualidade que oferece aos seus aluno. A manutenção de profissionais qualidades e bem preparados é um dos nossos principais objetivos. Os profissionais daqui possuem todas as qualificações necessárias para cuidar de você, seja tratando de uma lesão na coluna vertebral ou ajudando a melhorar o seu desempenho no esporte que pratica.

E então, você conhecia todos os benefícios que o pilates oferecia aos atletas? Conte para a gente nos comentários qual é o esporte que você mais gosta de praticar, e aproveite que está por aqui para conferir mais dicas em nosso blog.